6 AS NUVENS ou o símbolo intuitivo para Problemas Temporários

Estes são os ventos que anunciam situações negativas.

Tudo aquilo que é nevoento na minha vida está aqui representado por este arcano.

As minhas mais profundas incertezas, as duvidas, as preocupações, as ansiedades.

Este é um arcano é um mau presságio mas ele é, sobretudo, de ordem mental.

7 A SERPENTE ou o símbolo intuitivo para Falsidade

A discórdia, a intriga e a falsidade ao meu lado.

Quando me sinto rodeado pela mais pura hipocrisia.

Uma verdadeira tentação por via do sexo, da corrupção, do dinheiro sujo.

Quando alguém me tenta cegar através de argumentos falaciosos.

8 O ATAÚDE ou o símbolo intuitivo para Mudanças

Tudo aquilo que ficou para trás na minha vida.

As perdas, os acásicos dolorosos, os estados emocionais deprimentes, as doenças, os vícios destrutivos.

NOTA: Quanto mais perto este arcano estiver da carta chave (a que representa a pessoa que questiona o oráculo), mais nefasto vai ser o influxo do ATAÚDE na vida do consultante.

Trata-se de um arcano bastante activo a partir do 3º decanato de Leão (13 de Agosto, o mês do desgosto).

9 O RAMO DE FLORES ou o símbolo intuitivo para Prazer

Quando estou a viver momentos de grande satisfação, situação felizes, de prazer e bem-estar.

O sorriso da pessoa amada.

10 A FOICE ou o símbolo intuitivo para Ruptura

Situações difíceis de ruptura, de corte, de total rejeição.

Este arcano pode profetizar separações emocionais, rejeições sentimentais ou acérrimas discussões.

É um arcano de mau presságio.

 


11 A VASSOURA E O CHICOTE ou o símbolo intuitivo para Violência

Discórdias familiares. As querelas violentas que podem levar ao divorcio. As atitudes violentas no seio familiar.

NOTA: Este também é um arcano de eminente significado sexual. Indica actividade sexual, desejo, paixão.

12 OS PÁSSAROS ou o símbolo intuitivo para Liberdade

Liberdade! Amor sem amarras. Os momentos divertidos na companhia da pessoa que mais amo.

NOTA: No baralho desenhado pelo artista Bruno Bieri (“GYPSY LENORMAND ORACLE DECK”), este símbolo foi substituído por uma coruja. Neste caso, este arcano torna-se um mau presságio.

13 A CRIANÇA ou o símbolo intuitivo para Aventuras

A minha criança interior. O mau lado mais inocente. Quando eu estou receptivo a novas experiencias.

NOTA: Este arcano pode indicar momentos divertidos, novas amizades e nascimentos.

14 A RAPOSA ou o símbolo intuitivo para Engano

“(…) Adeus, Sr. Corvo, aprenda a desconfiar das bajulações, e não lhe ficará cara a lição pelo preço deste queijo” – Srª Raposa (Esopo)

Quando alguém me diz aquilo que eu quero ouvir. Palavras ilusórias. Uma armadilha preparada para me prejudicar.

NOTA: Muito cuidado com este arcano!

15 O URSO ou o símbolo intuitivo para Perigo

Sinto que caminho em território muito perigoso! O mundo está repleto de pessoas invejosas que só querem o meu mal.

Devo agir com bom senso.


16 AS ESTRELAS ou o símbolo intuitivo para Esperança

É graças a esta ajuda cósmica que vou conseguir alcançar os meus objectivos e sonhos.

Agora tenho a coragem necessária para seguir em frente!

NOTA: este é um arcano de muito bom presságio.

17 AS CEGONHAS ou o símbolo intuitivo para  Novidade.

Vivo uma fase de transições na minha vida pessoal. Agora, sinto que vou de encontro aos meus sonhos, pois já posso pressagiar novidades no ar!

18 O CÃO ou o símbolo intuitivo para Sentimentos

A lealdade daqueles que me são mais próximos.

As amizades puras e desinteressadas.

19 A TORRE DO CASTELO ou o símbolo intuitivo para Segurança

É no interior deste castelo onde eu me sinto em total segurança.

Este é o meu refúgio, a minha protecção inexpugnável contra inimigos pessoais, doenças e temores de qualquer índole.

20 O PARQUE ou o símbolo intuitivo para Ligações

O lugar onde eu gosto de estar. O sítio onde posso encontrar as pessoas conhecidas. É aqui onde desenvolvo as minhas ligações sociais.

Cont.
AQUIM

“Ó Senhor Deus (RA HOOR KHUIT),permite que o Teu Espírito se aproxime de mim!
Eu estou perdido na noite de infinita dor: Sem esperança, sem Deus, sem ressurreição,
sem fim: Eu caio: Eu temo”.
~ Frater Perdurabo, Aleister Crowley (1875-1947)


 


About these ads