Aqui, o grande desafio do cartomante é o de tentar descrever o simbolismo pictórico vindo do baralho de forma puramente intuitiva.

Assim, durante a visualização das cartas é vital estar atento a todo o tipo de pensamentos, sensações, sons, palavras, ideias, imagens visuais etc.

Evitar a censura de qualquer elemento intuitivo é de enorme importância, visto que a mente lógica tem uma enorme tendência para silenciar o seu lado intuitivo.

Eu sou da opinião que nunca se deve ler este baralho através de um raciocínio lógico.

É também necessário ter sempre em conta, que a descrição de cada carta do PETIT LENORMAND, nunca deve ser considerada, como universal e absoluta; estas ilustrações são apenas percepções que têm por missão, o acordar da mente intuitiva, do próprio cartomante.

AQUIM

http://karmictarot.blogspot.com